:: ANJOS VESTEM DOLCE & GABBANA

mercoledì

:: Amor Romântico...

Lira do amor romântico
Ou a eterna repetição
Atirei um limão n’água

e fiquei vendo na margem.
Os peixinhos responderam:
Quem tem amor tem coragem.
Atirei um limão n’água

e caiu enviesado.
Ouvi um peixe dizer:
Melhor é o beijo roubado.
Atirei um limão n’água,

como faço todo ano.
Senti que os peixes diziam:
Todo amor vive de engano.
Atirei um limão n’água,

como um vidro de perfume.
Em coro os peixes disseram:
Joga fora teu ciúme.
Atirei um limão n’água

mas perdi a direção.
Os peixes, rindo, notaram:
Quanto dói uma paixão!
Atirei um limão n’água,

ele afundou um barquinho.
Não se espantaram os peixes:
faltava-me o teu carinho.
Atirei um limão n’água,

o rio logo amargou.
Os peixinhos repetiram:
É dor de quem muito amou.
Atirei um limão n’água,

o rio ficou vermelho
e cada peixinho viu
meu coração num espelho.
Atirei um limão n’água

mas depois me arrependi.
Cada peixinho assustado
me lembra o que já sofri.
Atirei um limão n’água,

antes não tivesse feito.
Os peixinhos me acusaram
de amar com falta de jeito.
Atirei um limão n’água,

fez-se logo um burburinho.
Nenhum peixe me avisou
da pedra no meu caminho.
Atirei um limão n’água,

de tão baixo ele boiou.
Comenta o peixe mais velho:
Infeliz quem não amou.
Atirei um limão n’água,

antes atirasse a vida.
Iria viver com os peixes
a minh’alma dolorida.
Atirei um limão n’água,

pedindo à água que o arraste.
Até os peixes choraram
porque tu me abandonaste.
Atirei um limão n’água.

Foi tamanho o rebuliço
que os peixinhos protestaram:
Se é amor, deixa disso.
Atirei um limão n’água,

não fez o menor ruído.
Se os peixes nada disseram,
tu me terás esquecido?
Atirei um limão n’água,

caiu certeiro: zás-trás.
Bem me avisou um peixinho:
Fui passado pra trás.
Atirei um limão n’água,

de clara ficou escura.
Até os peixes já sabem:
você não ama:
tortura.
Atirei um limão n’água

e caí n’água também,
pois os peixes me avisaram,
que lá estava meu bem.
Atirei um limão n’água,

foi levado na corrente.
Senti que os peixes diziam:
Hás de amar eternamente.
Carlos Drummond de Andrade


:: O MEU CONTACTO

ANAKIN SK


O amor deveria perdoar todos os pecados, menos um pecado contra o amor. O amor verdadeiro deveria ter perdão para todas as vidas, menos para as vidas sem amor.
Oscar Wilde

:: QUANDO SE APRENDE A AMAR O MUNDO PASSA A

:: QUANDO SE APRENDE A AMAR O MUNDO PASSA A
SER SEU... RENATO RUSSO

:: O SILÊNCIO FOI DADO À MULHER PARA MELHOR EXPRIMIR

:: O SILÊNCIO FOI DADO À MULHER PARA MELHOR EXPRIMIR
O SEU PENSAMENTO: DESNOYERS

:: NADA EXISTE DE GRANDIOSO

:: NADA EXISTE DE GRANDIOSO
SEM PAIXÃO:::
<
Photobucket

:: VER ALÉM...

::  VER ALÉM...

:: OS MEUS OUTROS ANJOS

:: OS MEUS OUTROS ANJOS

:: PALAVRAS DE AMOR SÂO AQUELAS QUE NÃO SE PODE

:: PALAVRAS DE AMOR SÂO AQUELAS QUE NÃO SE PODE
PRONUNCIAR. CHAMAS-AL-DIN-HALIZ

:: PARA SERES AMADO; AMA!!!

:: PARA SERES AMADO; AMA!!!
MARCO VALÉRIO MARCIAL

:: OS MEUS OUTROS BLOGUES

:: OS MEUS OUTROS BLOGUES

:: HÀ NO AMOR O DOM DA CERTEZA:

:: HÀ NO AMOR O DOM DA CERTEZA:
IRIS MURDOCH

:: GRAÇAS AO AMOR; TODOS OS SERES TÊM A SUA HORA

:: GRAÇAS AO AMOR; TODOS OS SERES TÊM A SUA HORA
DE BONDADE: ERNEST RENAN

:: O AMOR É O SOL DO CORAÇÃO. IMPRIME~LHE O

:: O AMOR É O SOL DO CORAÇÃO. IMPRIME~LHE O
BRILHO E O MATIZ: JOSÉ DE ALENCAR

:: BLOGUES QUE VESTEM DOLCE & GABBANA

:: BLOGUES QUE VESTEM DOLCE & GABBANA

:: DESENHAR É FAZER AMOR COM O MUNDO

:: DESENHAR É FAZER AMOR COM O MUNDO
POR MEIO DOS OLHOS... LEONARDO DA VINCI

:: AMOR É SOBRETUDO. UMA TROCA DE

:: AMOR É SOBRETUDO. UMA TROCA DE
QUALIDADES...

:: AMOR PERTENCE A QUEM NELE PENSA:::

:: AMOR PERTENCE A QUEM NELE PENSA:::
MARCEL ACHARD
layouts myspace

layouts myspace

myspace graphics

myspace graphics

Divulgue o seu blog! Divulgue o seu blog!

Informazioni personali